Santo André disponibiliza vacina contra a Covid-19 para adolescentes com mais de 12 anos sem comorbidades
03/09/2021 19:21 em Santo André

Cidade também abriu agendamento de segunda dose para moradores com mais de 18 anos que receberam Coronavac

Da Redação 

Santo André, 3 de setembro de 2021 – A campanha de vacinação contra Covid-19 segue em ritmo acelerado em Santo André. Nesta sexta-feira (3) a Prefeitura disponibilizou o agendamento da vacina para adolescentes com idade entre 12 e 14 anos sem comorbidades. A vacinação será realizada a partir deste domingo (5) e ocorrerá mediante agendamento, disponível no site psa.santoandre.br/vacinacovid.

 

"Santo André dá mais um importante passo na batalha contra o coronavírus, rumo à vacinação de todos os nossos adolescentes. Com muita organização e planejamento estamos vencendo a Covid-19", afirmou o prefeito Paulo Serra.

 

Também está aberto o agendamento de segunda dose para munícipes com mais de 18 anos que receberam a primeira dose da Coronavac. 

 

No dia da vacinação é necessário apresentar documento de identidade e comprovante de endereço. Além desses documentos, pessoas que receberão a segunda dose precisam apresentar comprovante de recebimento da primeira dose.

 

O município continua avançando na imunização com primeira e segunda dose e, em paralelo, nesta sexta-feira começou a aplicar dose adicional da vacina em idosos com mais de 90 anos.

 

Para garantir comodidade, segurança e conforto, o município se mantém estruturado com sete pontos drive-thru e nove unidades de saúde estrategicamente posicionadas para a vacinação do público-alvo.

 

Com 854.897 doses aplicadas, a cidade já vacinou 100% da população adulta com pelo menos uma dose do imunizante e 53% da população adulta já está com o esquema vacinal completo. O avanço na vacinação refletiu na diminuição das internações decorrentes de complicações da doença. Atualmente a taxa geral de ocupação de leitos sob gestão municipal é de 13%.

 

O Ministério da Saúde não recomenda que seja feita a aplicação das vacinas contra a Covid-19 e contra a Influenza conjuntamente. A pasta orienta que as pessoas que estiverem nos grupos prioritários procurem se vacinar antes contra a Covid-19. Especialistas recomendam um intervalo de pelo menos 14 dias entre a imunização contra coronavírus e a vacina contra a gripe. Pessoas infectadas com a Covid-19 ou que receberam alta há menos de 28 dias não poderão tomar a vacina contra a Influenza.

Doação de alimentos – As pessoas agendadas para receber a imunização podem levar 1 kg de alimento não perecível para doar nos pontos de vacinação e drive-thru da cidade. Essa ação contribuirá com a iniciativa do Fundo Social de Solidariedade, presidido voluntariamente pela primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra, que está recebendo doações.

Os itens arrecadados são destinados ao Banco de Alimentos, que faz a entrega para as famílias em situação de vulnerabilidade.

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!